terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

The Fênix - cap.9

                '' Ohh mãe, me ajuda ''


´´ Nick - Façam boa viagem.- sorriu e todos pegaram as suas malas e puseram nas costas, quando já estavam todos prontos - Tenham cuidado e tratem-se como irmãos. - rimos -´´

Justin - Irmãos, claro.- riu debochado -

Luna - Então vamos lã pessoal, toca a mexer as pernas.- disse e começou a entrar na floresta fazendo todos a seguirem, entretanto Nick e os ´´seguranças´´ que vieram com eles pegaram nas SUV e foram embora, fui umas das últimas a entrar na floresta, estava tão distraída com os meus pensamentos que não percebi quando alguém começou a caminhar ao meu lado, ate ouvir uma voz.

Niall - Oi.- sorriu para mim -

Eu - Oi.- devolvi o sorriso -

Niall - Então estás nervosa com a viagem? - perguntou com um sorriso no canto da boca -

Eu - Já fizemos uma vez, vai ser canja.- dei uma risadinha -

Niall -Mas é um caminho diferente e com um grupo, digamos......

Eu - Problemático? - disse sem ter a certeza -

Niall - É ...... problemático é um dos adjetivos.- começamos a rir -

Eu - Como era a tua vida antes de ..... tu sabes.- perguntei e olhei para ele, vendo ele abaixar a cabeça  e dar um sorriso triste enquanto caminhávamos atrás do grupo-

Niall - Vivia com os meus avós......

Eu - Avós? - perguntei, quer dizer não devia de viver com os pais?-

Niall - Os meus pais estavam sempre a viajar por serem os Originais dos airbenders, eles tinham que ir a cidades ajudar quem tivesse esses poderes e encaminha-los para....

Eu - Para mosteiros.- interrompi-o, eu tinha pesquisado isso, quer dizer eu tinha pesquisado sobre todos, mas nada muito a fundo afinal eram muitos e o tempo era pouco -

Niall - Sim.- sorriu para mim -

Eu - E que é e como funciona?- perguntei curiosa -

Niall - Mosteiros é como uma pequena cidade onde todos oferecem o seu trabalho para o bem do andamento das funções da comunidade.....-

Eu - Para a comunidade?

Niall - Sim, cada um ``doa´´  à comunidade o seu dom, se todos assim o fizerem viverão em harmonia.- fez aspas com as mãos-

Eu - Porque mosteiros?- ele olhou para mim - Quer dizer se eu estiver a ser demasiado intrometida tu po...-atrapalhei-me a falar e ele interrompeu-me com uma gargalhada, corei e vai por mim não foi pouco, nossa que mico que acabei de dar -

Niall - Ahahahahaha, calma kkk nós escolhemos mosteiros porque na nossa opinião é um sitio sossegado onde  eles podem ter concentração e aprender a dominar o seu dom.- sorriu -

Eu - Ohhh.- isso realmente fazia sentido - Mas voltando ao assunto.

Niall - Pois, ãhm por isso eu vivia com os meus avós ate.....- abaixou a cabeça triste -

Eu - Quem esta á tua espera em Subre-City?- perguntei receosa -

Niall - Os meus pais.- suspirou e olhou para todos os sítios enquanto caminhávamos, menos para mim -

Eu - O Ian.....- não terminei -

Niall - Matou os meus avós enquanto eu e os rapazes tínhamos ido um fim-de-semana acampar.- olhei para ele triste, afinal foi por causa de mim que ele os matou - Ian já matou pelo menos um parente de todos nós aqui - sorriu triste - Mas como eu digo Deus não dorme e ele ainda vai pagar por isso e espero que sofra bastante.

Eu - Eu...eu lamento.

Niall - Eu também, mas va falando de coisas mais felizes, o que achas-te do grupo para além de problemático .- rimos juntos -

Eu - Interessante, quer dizer há aqui tantas raças digamos assim ahahahah.- ri de leve - E na própria raça haver separações .- olhei para o grupo à minha frente que até agora conversavam animadamente uns com os outros, dos devidos grupos como é obvio -

Niall - Estás a falar do Harry, Liam , Justin e companhia .- rimos -

Eu - Porquê  esta separação afinal são todos Originais......

Niall - Os únicos Originais são o Harry e o Justin o resto ou são primos distantes ou famílias amigas.- interrompeu-me -

Eu - Mas nas fichas.....

Niall - Elas dizem que são todos Originais eu sei é para despistar o Ian ou qualquer pessoa, assim como supostamente têm tantos Originais vêm uma grande ameaça, afinal como sabemos são os mais fortes e inteligentes da raça e assim não se atrevem a matas nenhum deles porque todos os outros iriam atras deles.

Eu - Tirando Ian.- olhei para o grupo mais à frente e Justin estava a olhar para nós, sorriu de lado para mim evirou para a frente outra vez e continuou a andar, corei porra que vergonha tenho a certeza que ele ouviu-nos a falar dele-

Niall - É tirando Ian mas esse é um caso à parte que deve ter algum atraso mental só pode ou então tem umas grandes bolas.- comecei a rir ou melhor gargalhar fazendo ele rir também -

Eu - Isso não se diz Niall - continuei a rir - Umas grandes bolas .- ri ainda mais -

Xxx - Quem tem umas grandes bolas?- uma voz rouca e atrevo-me a dizer sexy, falou ao meu lado, olhei rapidamente e era Justin, arregalei os olhos e parei de rir ficando vermelha de vergonha fazendo ele dar uma risada rouca baixa -

Justin - Espero que estejam a falar de mim e não se esqueçam de pau grande e grosso.-
deu um sorriso safado olhando diretamente nos meus olhos, porra que olhos -

Niall - - bufou- Não é de ti com toda a certeza.- murmurou-

Justin - Niall estavam a chamar-te lá a frente.- olhou para ele serio -

Niall - Mas eu não ouvi nada.- falou desconfiado -

Justin - Estavas tão distraído a falar que não ouviste.- sorriu sínico -

Niall - E porquê tu e não o Harry?- levantou a sobrancelha -

Justin - - bufou- O Harry esta demasiado ocupado a tentar conquistar e levar para a cama a irmã dela.- pos as mãos nos bolsos das calcas enquanto andávamos -

Niall - E tu estas a tentar levar esta.- debochou -

Justin - Desaparece, agora .- rosnou serio, fazendo o Niall bufar e olhar para mim -

Niall - A gente depois fala Lily.- sorriu para mim -

Eu - Okey, ate depois Niall.- devolvi o sorriso e ele olhou feio para o Justin antes de começar a andar mais rápido e indo para o inicio do grupo onde estava a minha irmã e Harry -

Justin - Entao que achas do Canada.- olhou para mim, desviei o olhar para o chão , serio não é que não o ache bonito porque realmente acho mas algo no seu olhar me intriga é misterioso, sombrio eu não sei é estranho, mas devo confessar ele tem uns olhos castanho mel muito atraentes e sexys -

Eu - Ate agora um bocado frio e com muitas arvores .- disse olhando ao redor de nós e voltando o meu olhar para ele fazendo-o rir com a minha resposta, fiquei vermelha, okey talvez não tenha sido uma resposta muito inteligente mas eu não tinha estado em mais lado nenhum , afinal quando aterramos fomos logo busca-los -

Justin - É um bocadinho.- disse parando de rir mas nunca tirando o sorriso convencido do rosto - Devo admitir que desde que chegas-te és a mais bonita e gostosa que alguma vez vi.- disse mordendo o lábio e olhando-me de cima a baixo, corei e porra já viram como eu corro muito né - E fofa com as bochechas coradas.- sussurrou bem perto do meu ouvido fazendo-me arrepiar ate ás pontas dos dedos dos pés e acho que ele notou porque deu uma risada baixa e se afastou de mim voltando á postura anterior-

Eu - Obrig...obrigada.- sorri envergonhada olhando para ele - Também te acho muito bonito e sexy .- disse baixo e com medo que ele ouvisse, ele deu uma risada e sorriu abertamente-

Justin -   Isso é bom, afinal podemos tirar proveito disso.- sorriu safado, ohh mãe me ajuda.


Espero que tenham gostado e por hoje é tudo vou tentar postar o mais rápido possível :p bjs e amo-vos do coração amores :* já agora quem ainda nao sabe e nao gosta muito desta coisa de decorar blogs e isso kkkkk eu tenho a fic em socialspirit.com.br la é sempre actualizado mais rápido e em primeiro lugar The Fênix favoritem e nao me abandonem pfv

The Fênix - cap.8

    '' Nao vale a pena mexer no passado ''



''..... Elas foram a última coisa que Ian tirou me e isto é uma promessa....''

​Luna - Porque ele faria isso? - perguntou baixo -

Zayn - Porque, por alguma razão, ele acha que os Originais sabem onde esta -interrompi-o.

Eu - A escolhida.- disse com medo -

Zayn - Sim, mas ele esquece-se que ninguém faz a mínima ideia que és tu Luna .- engoli a seco -

Eu - Isso foi a quanto tempo?

Zayn - 3 anos quase 4.- senti um arrepio correr-me nas veias, era exatamente o mesmo tempo em que o nosso pai foi assassinado -

Niall - Quer dizer ele agora deve ter uma ideia que são vocês. - comentou olhando a paisagem -

Eu - Como assim?- disse assustada, Ian não pode de maneira nenhuma saber quem nós somos, isso tornaria as coisas muito mais complicadas -

Luna - Ele tem razão.- disse com um ar assustada - Na noite em que o pai morreu eles tiveram lá em casa- olhou rapidamente para mim e voltou a olhar para a estrada- Ian pode ter visto as nossas fotos e ficado com elas.

Zayn - Ele sabe quem são vocês, só se calhar não sabe qual de vocês é.

Como eu nunca tinha pensado nisso? Como fui tão burra a esse ponto, é claro que levaria fotos nossas, ele sabe que uma de nós é a escolhida, só não sabe qual e espero que nunca venha a saber.

Niall - Só não sei como descobriram-vos.- disse pensativo -

Eu - Han?- disse confusa -

Zayn - Niall.- repreende-o .

Luna - Pera... o que?- disse seria -

Niall - Quer dizer......- Zayn olhou para ele serio -

Luna - Niall, diz agora, não me obrigues a ter que usar a força.- rosnou -

Niall - Eu há bastante tempo pergunto me como eles vos achou.- disse rapidamente -

Zayn - Tu não sabes estar calado.- bufou -

Eu - Calado porque? Tem haver com o dia em que as nossas vidas mudaram e não foram para melhor.

Zayn - Eu só acho que se fosse comigo, eu não iria querer remexer no passado e para alem de ser perigoso, não temos a certeza.

Luna -Certeza de que?- perguntou confusa, ela não era a única-

Niall - O nosso grupo acha que devido á localização e ao vosso pai ser tao cuidadoso com as pistas, seria impossível que o Ian descobrisse onde vocês estavam.

Eu - Nada é impossível, bem- vindo ao nosso mundo.- disse bufando -

Niall - Não estas a perceber.- disse serio -

Zayn - Nós achamos que alguém contou ao Ian onde estavam -

Luna - Impossível, aquela aldeia não era conhecida.

Niall - Talvez alguém do mundo sobrenatural....- deixou no ar -

Eu - O único que nós sabemos era o Ancião - olhei para Luna - Ele não faria isso.- disse sussurrando, o Ancião era uma pessoa querida para nó, ele ajudou-nos com os nossos poderes, sem ele hoje a Fênix poderia estar acordada e só sabe Deus como o mundo estaria -

Luna - Eu...eu não sei.- disse baixo -

Niall - Mais alguém sabia?- perguntou curioso -

Luna - Que nós saibamos, não.

Zayn - Têm a certeza, vamos supor, se Ele ​estava atrás dos Originais na altura, talvez algum....

Eu - Eu não sei, talvez, faz sentido.- aquilo era demasiada informação de uma vez só.

Niall - Qualquer das maneiras, ​não vale a pena mexer no passado, ​já passou.- disse tentando encerrar o assunto -

Zayn - E não vale a pena o risco e o perigo, não podemos fazer nada, temos que deixar o passado para trás das costas.

Ohhh hoje irei tirar esta historia a limpo, algo não bate certo nisto tudo, por um lado parece tudo tao surreal, mas por outro parece que tudo bate certo, no fundo talvez eu ainda não esteja preparada para desenterrar o passado, terei que discutir isso com a Luna e o pai.
​Porque tal como eles disseram nada é certo, tanto pode ser verdade como mentira.
​Senti o carro entrar em terra batida, olhei para o caminho e acho que estamos a chegar, Luna começou a reduzir a velocidade ate que parou de vez o carro, olhei pela janela do carro e só se via era árvores, nada mais, uma floresta enorme talvez a maior que já vi e estive, e olha que eu todas as noites estou numa diferente. Olhei para o espelho lateral do carro e vi os outros carros parando atrás de nós e logo depois saírem todos dos carros, assim fiz também.

Ryan - Tão bom, ar fresco.- respirou fundo e sorriu -

Justin - Ainda bem que gostas, vais ter muito o que respirar nos próximos tempos.- disse dando uma palmada no ombro de Ryan, todos começaram a rir -

Nick saiu de uma das vans e abriu o porta-malas de todos os carros, ele tinha vindo connosco para garantir a segurança deles todos, mas viria só ate á floresta deixar-nos, ninguém a não ser nós poderiam saber que caminhos iriamos fazer, para caso Ian querer torturar alguém e acabássemos descobertos.

Nick -Eu só peço que tenham cuidado e ajudem-se uns aos outros.- disse preocupado -

Chaz - Não te preocupes, vamos ser como irmãos.- mal acabou de falar e começaram todos a rir desbocadamente -

Nick - É serio, os vossos pais matam-me se acontecer alguma coisa a vocês.- disse serio -

Selena - Então porque não nos levas tu?

Luna - Porque Ian esta á espera disso, seria demasiado obvio.

Nick -  A Menina.....-olhou para Luna a espera que ela disse-se o seu nome, a mesma revirou os olhos -

Luna - Cullen, para ti.- sorriu falsa, tive que me controlar para não rir depois desta -

Nick - Ah pois isso - disse desbocado - A Menina Cullen tem razão, tenho a certeza que a caminho de Subre-City serei parado pelos capangas do Ian disfarçados de guardas, embora não goste vocês têm que ir com elas.

Selena - Nem no teu porta-malas?- disse esperançosa -

Nick - Não Selena, ninguém.- disse serio -

Sophia - Poder pode, no caixão.- disse rindo, Selena rosnou para ela -

Eleanor - Acho que alguém esta virando lobo.- gozou -

Selena - - riu sínica, apontou a mão para Eleanor e começou a falar uma língua estranha - ​Inferius seu foveam ......(debaixo deste ser um buraco vai.....)

​Ryan - SELENA NAO.- gritou e abaixou a sua mão agarrando-a, Louis puxou Eleanor para ele e Nick se pôs entre elas -

Selena - Deixa-me Ryan.-disse olhando raivosa para Eleanor -

Nick - PARA.- gritou e agarrou com as duas mãos a cara dela e olhou nos seus olhos.- Acalma-te não lhes ligues, ignora Selena tal como elas o fazem quando és tu a provoca-las, tu não vês que isto pode fazer tu não chegares viva a Subre-City.- olhou para ela triste - Todos nós temos defeitos, mas temos que aprender a conviver uns com os outros, aprende a conviver Selena e vais ver que ate vocês todos .- afastou-se dela e começou a olhar para todos- Que todos vocês têm mais coisas em comum do que aquelas que vos separam, mas ao longo destes tempos vocês vão ver isso.- suspirou - Façam boa viagem.- sorriu e todos pegaram as suas malas e puseram nas costas, quando já estavam todos prontos - Tenham cuidado e tratem-se como irmãos.- rimos -

​Continuaa........

The Fênix - cap.7

                 ''E isto é uma promessa ''




" Luna - Parem.- gritou, todos olharam - Era disto que eu estava a falar, isto numa batalha desconcentra todos e leva-nos à morte - 

Niall - Quando partimos?- perguntou serio -

Luna -- sorriu de lado - Agora mesmo.- está comprovado, ela é bipolar."

Niall - Do que estamos à espera? Quanto mais rápido formos , mais rápido isto acaba.- disse levantando-se, fazendo todos levantarem-se também-

Luna - Vão buscar as vossas coisas e encontramo-nos lá fora.- disse alto e todos assentiram com a cabeça -

Eu - Vamos andando lá para fora.- disse e fomos para a entrada da casa junto aos carros- Eu espero que corra bem.- disse baixo só para ela ouvir - 

Luna - Se Deus quiser vai correr.- pôs uma mão no meu ombro, olhei para ela - Não te preocupes, eu sei que é perigoso mas vamos tentar divertirmo-nos para mais tarde termos histórias para contar aos nossos filhos.- rimos juntas -

Eu - Eu duvido que eles tenham curiosidade em saber das tuas aventuras.- ri mais ainda, fazendo Luna ficar seria -

Luna - É incrível como consegues matar assunto quando abres a boca.- disse com cara de tedio, ri mais-

Xxx - Que riso encantador.-disse uma voz rouca atrás de mim, imediatamente parei de rir e corei, fazendo Luna dar uma risadinha baixa, virei para trás e vi Justin - 

Eu - Bri...brigada.- gaguejei e amaldiçoei-me internamente -

Justin - Alias não é só o riso que é encantador.- disse, corei violentamente, fazendo Justin dar uma risada rouca, e se eu pensava que ele já era perfeito então agora...-

Zayn - Justin pelo amor de Deus, vai comer a Selena e deixa a Lily em paz.- disse Zayn enquanto se aproximava com as mochilas dele na mão, os outros vinham atrás dele na mesma forma - 

Justin - Não me digas que agora és guarda-costas.- disse debochando -

Zayn - Afasta-te Justin, não é água para o teu bico.- disse serio, ficando cara a cara com Justin, fazendo o mesmo se aproximar mais - 

Justin - Se não é para o meu muito menos para o teu, alias que eu saiba tens namorada e ela está bem atrás de ti.- disse serio, Liam aproximou-se rapidamente com Ryan e Chad, metendo-se entre Justin e Zayn afastando-os um do outro -

Liam - Parem com isso, eu não estou para aturar isto 3 meses seguidos.- disse rosnando -

Justin - Eu estou na boa.- levantou as duas mãos - Diz ai ao teu amiguinho para não se meter onde não é chamado.- disse sendo afastado por Ryan e Chad -

Luna - Eii vamos parar com isto por favor vamos tentar darmo-nos o melhor possível para fazer esta viagem minimamente suportável.- disse Luna olhando para todos - Prometam que vão ao menos tentar.- disse fazendo olhinhos fofos, vocês estão a ver o gato das botas?, Yah ela sabe imita-lo na perfeição -

Harry - Vamos tentar, mas não prometemos nada.- disse olhando para ela e dando um sorriso safado, isto vai dar coisa, ri mentalmente-

Justin - Sim, vamos tentar.- disse olhando fixamente para mim, desviei o olhar, todos concordaram -

Luna - Então pronto.- disse batendo as mãos - Vamos entrar nas carrinhas, nós vamos na frente são 10 minutos de carro até à floresta mais próxima, lá passaremos 3 semanas sempre a andar, só paramos para dormir e ....- foi interrompida pela Selena - 

Selena - Eu não vou andar isso tudo e ainda por cima a pé.- disse indignada fazendo todos revirarem os olhos -

Eu - Que bom, então é melhor arranjares asas, porque se não vais a pé, vais a voar.- disse com cara de tedio olhando para ela, todos começaram a rir alto, Selena olhou para mim mortalmente -

Selena - Põe-te no teu lugar parasita ou ponho-te eu .-disse rosnando -

Eu - Exprimenta e tu vais ver o que te acontece.- disse pronta para me aproximar dela, Luna segurou no meu braço e olhou seria para mim, fazendo eu lembrar-me do nosso disfarce -  Eu posso não ter poderes, mas isso não impede de eu te por realmente no teu lugar, podes ser da família dos Originais, mas aqui somos todos iguais, ninguém é mais que ninguém, perante o perigo sejamos importantes ou não quando morremos que eu saiba vamos todos para o mesmo lugar, debaixo da terra.- disse seria-

Sophia - Autch, até a mim doeu.- começou a rir, fazendo todos rirem a seguir, Selena olhou para mim seria - 

Selena - O aviso está dado.- disse como nariz empinado e entrou numa das carrinhas sendo seguida pela Marie, Sienna e Mel-

Luna - Vamos entrar nas carrinhas e fazer-nos à estrada.- disse dando um sorriso nervoso e poxou-me para o nosso carro - Eu ainda te mato.-  disse sussurando seria, cheguei à porta do passageiro e entrei - 

Luna - Podem vir 2 connosco.- disse e entrou no carro, olhou para mim e disse - Controla-te porra, por pouco ias deitando tudo a perder, o que se passa contigo, tu és sempre a mais calma.- olhou confusa -

Eu - Por alguma razão ela me faz perder a calma rapidamente.- disse desviando o olhar do dela - 

Luna - Eu sei que ela é irritante mas por favor controla-te.- mal acabou de falar Niall e Zayn entraram dentro do carro, sentando-se no banco de trás -

Niall - Adorei o que disseste à Selena - riu - Estava na hora de alguém lhe dizer umas verdades.- ri fraco - 

Luna - Ela não o voltará a fazer, caso contrário estaremos sempre em guerra, e nós não queremos isso.- disse seria e ligou o carro fazendo todos meterem os cintos -

Zayn - Sim, mas foi merecido.- disse dando um sorrisinho de canto-

Luna - Admito, foi.- riu fraco, Luna deu a volta com o carro e começamos a sair dali - Então o que vocês nos aconcelham à cerca dos grupos?- perguntou olhando atenta para o caminho - 

Niall - Jamais confiar num Vampiro.- disse serio-

Eu - Mas que eu saiba à Vampiros no teu grupo.- disse confusa - 

Niall - É por os termos que vos estamos a avisar.- deu uma risadinha baixa - Jamais confiar em Vampiro.

Zayn - Principalmente se esse for Justin.- disse serio - Mantem-te longe dele Lily, ele não é flor que se cheire.-interrompio -

Eu - Eu? Eu nem fiz nada.- virei-me para trás e olhei para eles-

Zayn - Eu não estou a falar que fizeste, estou a alertar-te que o Justin quando quer uma coisa ele faz até o impossível para a ter.- Niall interrompio-

Niall - E no momento ele quere-te .- disse serio, corei -

Zayn - Ele usa as pessoas e se faz passar por algo que ele não é.

Eu - Como assim?- disse curiosa - 

Luna - Vira-te para a frente, és pior que as crianças.- bufou -

Niall - Apenas não confies nele.- disse olhando nos meus olhos - 

Zayn - Eu espero que nunca venhas a conhece-lo de verdade.- disse desviando o olhar para a janela - Tu fazes-me lembrar as minhas irmãs mais novas, por isso é que estou preocupado contigo, desculpa se o meu comportamento tem sido estranho.- disse olhando para mim, sorri abertamente -

Eu - Não faz mal, onde elas estão?- virei-me para a frente - 

Zayn - No cemitério .- olhei para Luna com os olhos arregalados -

Eu - Eu ....eu lamento.- comecei a gaguejar -

Zayn - Eu também.- suspirou -

Eu - Como elas morreram?- Luna rapidamente olhou para mim- 

Luna.- Lily.- disse severa , encolhi-me - 

Zayn - Não faz mal - sorriu - Mataram-nas, eu prometi vingança e vou te-la .- disse serio - Elas foram a ultima coisa que Ian tirou-me e isso é uma promessa.

The Fênix - cap. 6

                         '' Ela é bipolar ''


" Tenho a sensação que a partir de hoje a nossa vida irá mudar para sempre, só não sei se é bom ou mau.- olhamos uma para a outra e suspiramos juntas, seja o que Deus quiser."

Continuamos o caminho até avistar-mos uma casa branca, ela era simples, à frente da casa estavam 5 SUV brancas e com vidros muitos fumados, pariam os carros que os presidentes normalmente usam, ri com os meus próprios pensamentos, Luna olhou para mim.

Luna- Eu sempre suspeitei que eras louca.- riu- 

Eu - Estaciona mas é o carro.- bufei e ela riu mais - 

Luna estacionou o carro à frente de casa, tirámos o cinto e saímos do carro, fechei a porta e olhei para Luna, esta olhou para mim e suspirou, logo a seguir desviou o olhar para um senhor que abriu a porta de casa e veio em nossa direcção.

Xxx - Boa tarde, quem são as meninas?- disse serio -

Luna - Escolhida.- levantou o braço- 

Eu - Irmã dela - levantei o braço - Sem poderes como é óbvio, como todos sabem a única que tem é a escolhida ..... Auuu...- Luna interrompeu- me com uma cotovelada na barriga - 

Luna - Não lhe ligue.- riu nervosa, o senhor levantou uma sobrancelha - 

Xxx - Hmm,venham, estávamos à vossa espera.- disse e começou a andar para dentro de casa, fomos atrás dela, Luna olhou para mim e serrou os olhou, dei um sorriso amarelo e continuei a andar - Chamo-me Nick e sou o responsável pelos descendentes, eu não irei com vocês embora não concorde em deixar os senhores nas mãos de duas meninas que mal sabem o que é a vida.- olhei seria para Luna que também não estava muito contente, quando ia perguntar quem ele pensava que era para falar assim, ouvi uma voz masculina do meu lado - 

Xxx- Nick, mais respeito, podem ser novas mas tenho a certeza que elas já passaram por muito, mais que todos aqui dentro.- olhei para o meu lado direito e vi um rapaz muito bonito, ele era moreno, tinha um topete e uns olhos castanhos escuros que tinham um brilho misterioso-

Nick - - bufou e saiu - 

Xxx - Não o liguem, ele no fundo é um bom homem - sorriu galanteador - Chamo-me Zayn e suponho que uma de vocês seja a escolhida....

Luna - Sou eu, chamo-me Luna, prazer.- estendeu a mão, este devolveu o gesto - 

Eu - Sou Lily, a irmã.- disse sem graça - 

Zayn - Prazer conhecer-vos.- disse sorrindo- Venham, os outros estão à vossa espera.- disse e foi andando para dentro de casa, seguimo-lo , chegamos a uma sala enorme onde 2 grupos estavam separados, meu Deus se eu soubesse que só teria rapazes bonitos tinha obrigado a Luna a vir mais cedo, olhei para ela e esta sorriu maliciosa para mim, é acho que ela teve o mesmo pensamento -

Zayn - Ei pessoal elas chegaram.- disse alto e rapidamente todos olharam para nós , abaixei a cabeça corando - Esta é a Luna ,a escolhida.- apontou para Luna - 

Luna - Oii.- disse contente, esta safada está mesmo a gostar disto -

Zayn - E esta é a Lily, a irmã.- disse olhando para mim-

Eu - Oi.- disse sem graça, serio estou a sentir-me demasiado observada - 

Todos -Oi.

Xxx - Sou Harry e sou Vampiro.- disse um rapaz de olhos verdes esmeralda e cabelos encaracolados -

Xxx1 - Sou Niall e sou airbender .- disse um loiro de olhos azuis - 

Xxx 2 - Eleanor e falo com mortos.- disse uma morena - 

Xxx - Perrie e leio pensamentos.- disse uma loira de olhos azuis, engoli a seco - 

Xxx 3 - Liam e sou Vampiro.- disse um moreno de olhos castanhos - 

Xxx - Sophia, Anjo.- disse uma morena - 

Xxx - Louis, levitação.- era um moreno de olhos azuis - 

Xxx - Chaz, Vampiro princesas.- disse um moreno -

Xxx - Ryan, Vampiro.- um loiro de olhos azuis -

Xxx - Chris, vampiro .- disse um loiro-

Xxx - Sienna, Vampira.

Xxx - Mel, Vampira também.

Xxx - Marie, Vampira.

Xxx - Selena, feiticeira.- disse uma morena com orgulho - 

Sophia - Está mais para Bruxa.- disse sorrindo falsa para Selena - 

Selena - Fica no teu canto mosquito.- disse com voz de patricinha -

Xxx - Parem as duas que já não vos posso ouvir.- disse um loiro com um topete perfeitamente alinhado e olhos castanhos mel, este com certeza era o mais bonito - Se vos oiço outra vez eu vos mato.- disse serio -

Liam - Atreve-te a tocar na Sophia e eu espeto uma estaca em ti .- rosnou olhando para ele-

Xxx - Então manda a tua namoradinha calar a boca.- disse grosso - 

Zayn - Eii - gritou - Comportem-se uma vez na vida e sejam civilizados.- disse serio - 

Louis - Tas a pedir algo impossível .- comentou rindo - 

Xxx - Sou Justin - num piscar de olhos ele estava à minha frente, rapidamente prendi a respiração - Muito gosto.- sorriu malicioso, digo já que ele tinha um sorriso perfeitamente alinhado e branco, cada vez mais convenço-me que este garoto é perfeito -

Eu - Prazer.- disse corando - 

Justin - Prazer só na cama.- disse sussurrando no meu ouvido, corei ainda mais - 

Zayn - Deixa a garota em paz, Justin.- disse serio - 

Justin - Mas eu só a cumprimentei.- disse sinico e afastou-se indo para o seu grupo, quando se sentou olhou fixamente para mim, rapidamente desviei o olhar-

Zayn - Bom eu tenho fogo, como podem ver à muita rivalidade entre os grupos, só vos posso desejar boa sorte .- riu divertido - Vocês vão precisar, acreditem .- disse e foi para o grupo do Harry - 

Harry - E tu loirinha que poderes tens?- disse olhando para mim -

Eu - Não tenho.- disse com vergonha -

Luna - Acho que fiquei com os poderes todos.- disse divertida, todos riram semicerrei os olhos para Luna que riu mais- Então é assim - disse ficando seria, cada vez mais me convenço que ela é bipolar, fala a serio ainda agora estava a rir e agora está seria - Eu não quero saber de rivalidades, isso é entre vocês, mas quero que tentem se dar bem o máximo de tempo possível, pois é a vida de todos que está em jogo não se esqueçam que uma discussão pode gerar a morte de todos nós.- disse olhando para todos - 

Harry - Quanto tempo será a viagem?- perguntou olhando para Luna com um sorriso no canto dos lábios - 

Luna - No máximo 3 meses.- sorriu envergonhada e começou a mexer nas pontas do cabelo?....ela só faz isso quando está interessada num rapaz....ohhh safada -

Selena - Eu não acredito que vou ter que estar no mesmo ambiente que estes delinquentes.- disse indignada-

Sophia - Sua vadia arrombada - levantou-se rapidamente e foi na direcção da Selena, Liam num segundo segurou na Sophia pela cintura - Eu vou te bater vadia.- gritou -

Selena - - levantou-se mas Ryan a segurou- Então do que estás à espera.- riu debochada - no momento em que pensares fazer isso já eu desfiz o teu cérebro em bosta- 

Luna - PAREM - gritou, todos olharam - Era disto que eu estava a falar, isto numa batalha desconcentra todos e leva-nos à morte - 

Niall - Quando partimos? - perguntou serio - 

Luna - -sorriu de lado - Agora mesmo.- está comprovado, ela é bipolar -


The Fênix - cap.5

              '' Seja o que Deus quiser ''


" Eu - Como fazemos o percurso desta vez, nao podemos ir pelo mesmo sítio, ouvi dizer que Ian anda por esses lados .- disse parando na entrada da floresta e olhando para o meu pai-

Pai - Vais passar por uma cidade lá vão apanhar um autocarro, depois andam 4 dias sem parar e param numa....."

Pai - Depois andam 4 dias sem parar e param numa floresta, não é uma floresta qualquer, aquela floresta é frequentada por capangas do Ian e outros aliados, há também aldeias e numa dessas aldeias haverá carros, e nesses carros vocês pegam a autoestrada e iram até estas coordenadas- entregou-me um papel - A razão pelo qual eu não passava os verões com vocês estará aí nesse endereço, ela é própria para todos vocês e lá ficaram durante 3 meses e depois continuam a serra, haverá um campo enorme e lá estarão alguns guardiões de Subre-City, mas antes terás de ligar para o número que ai está em baixo - apontou para o numero no papel- Basta dizeres "Subre-City Original"  é a palavra-passe e eles saberam que é o teu grupo.- disse sério - Toma cuidado Lily e principalmente não te esqueças do que prometes-te - disse e desapareceu, olhei no relógio de pulso e eram exatamente 5:00 em ponto -

Eu - Sempre pontual - bufei e comecei a andar para casa, quando estava a chegar a casa comecei a sentir-me observada, olhei para todos os lados e não vi ninguém, comecei a correr em direcção a casa, logo ouvi barulhos no cimo das árvores, eu sabia que estava lá alguém então pus-me invisivel e parei na porta de casa, olhei para trás e no cimo de uma árvore ali em frente à casa eu vi olhos cor-de-laranjas, eu não poderia abrir a porta, e muito menos atacar, afinal tinhamos vizinhos e não seria lá muito bom uma pessoa estar na sua casa e de repente ver uma luz "azul Fênix" como eu costumo chamar, as pessoas saberiam logo quem eu era, e poderiam avisar Ian e isso não seria bonito, esperei durante um tempo, olhando para a árvore e mais ou menos 10 minutos depois vejo uma pessoa saltar para outra árvore mais longe e fazendo isso até ir embora, rapidamente entrei em casa e tranquei a porta. Fui em direcção do meu quarto. Subi as escadas com bastante cuidado pois não queria acordar Luna, ou até mesmo tropeçar nas caixas de mudanças que estavam espalhadas pela casa e ir de casa ao chão. Cheguei ao meu quarto e vi as minhas malas feitas e no canto do quarto, eu estava tão cansada que nem trocar de roupa ou tomar banho, apenas deitei-me assim como estava e mal me aconcheguei, adormeci.

(...)

 Acordei com alguém tirando-me os cobertores e abrindo as cortinas, fazendo o sol invadir os meus olhos.

Eu - Tu deves querer que fique cega.- disse mal humorada -

Luna - Ihhh maninha devias arranjar um namorado isso é falta de sexo.- disse ironica - 

Eu - Como é que posso sentir falta de uma coisa que nunca tive.- disse confusa- 

Luna - É incrível como em questão de segundos tu matas uma conversa.- disse seria- Mas agora sem falatório, toca a levantar essa bunda grande e vai tomar banho e trocar de roupa, tens 30 minutos para fazer ou perdes o voo.- disse e saiu do quarto, bufei -

Eu - - olhei para as horas no telemóvel e vi que ainda eram 07:00h - Ela só pode estar a brincar comigo- disse seria e levantei-me indo até ás malas tirando um cropped  e uns calçoes de cintura alta, roupas intimas, logo fui em direcção do banheiro para tomar banho - 

Quando acabei vesti-me, calcei os meus supras pretos e fui arrumar o que faltava, quando acabei fui pentear os meus cabelos e deixei-os soltos, comecei a levar as malas para a sala e quando acabei, suspirei cansada.

Luna - Não faz quase nada e já está cansada.- disse ironica, olhei e Luna estava a descer as escadas com as suas últimas malas, levantei a sobrancelha para ela - 

Eu - Tu hoje acordas-te só para me irritar, não foi.- disse seria -

Luna - Bitch please, quem pode, pode.- disse se achando - 

Eu - Aff, despacha-te e vamos se não daqui a bocado perdemos o voo.- disse ironica, Luna olhou para mim e começou a rir - O que foi.- disse irritada - 

Luna - O voo é de jatinho, logo ele não parte sem nós, seja a hora que for.- disse tentando prender o riso, respirei fundo tentando acalmar-me -

Eu -Eu vou te matar.- disse pausadamente-

Luna - Não serias capaz.- disse desafiadora - 

Eu - Paga para ver.- disse seria-

Luna - Não obrigada eu prefiro comprar roupa.- disse ironica -

Eu - Terei uma profunda pena do rapaz que te conseguirá aturar.- disse irritada - Nem um Anjo irá conseguir.- disse começando a rir, Luna ficou seria -

Luna - Vamos embora que já estão pessoas a chegar para tirar as coisas e queimar a casa.- disse indo até seu carro e entrando, fui atrás dela entrando logo a seguir em seu carro, logo arrancamos em direcção do aeroporto-

Eu - Como arranjas-te pessoas para queimar a casa?.- disse curiosa -

Luna - Tenho os meus contactos.- disse seria, olhando para a estrada-

Eu - Uhhh ela tem contactos.- disse debochando- 

Luna - Depois eu é que tirei o dia para chatiar.- disse com um sorriso de canto -

(...)

Finalmente saímos daquele jatinho, já estava a ficar com o rabo quadrado. Tinhamos chegado a Stratford, Ontário, podia ser um lugar bastante bonito porém o tempo é esquisito, hora faz sol, hora há nuvens. Acabei de descer do jatinho e comecei a ir em direcção da Van preta que estava a nossa espera. Entrei no banco do passageiro, olhei para trás e vi as nossas malas nos bancos de trás, Luna entrou e sentou-se ao volante.

Eu- Serio, eu estou a ficar com medo dos teus contactos.- disse virando-me para a frente-

Luna - Então já sabes, não te metas comigo, eu tenho os meus contactos.- disse e começamos a rir feito loucas, Luna arrancou com o carro, logo entramos na estrada principal e seguimos para um caminho um bocado afastado da cidade.

Eu - Eles não estavam na cidade?- disse confusa, entramos numa estrada de terra onde só havia mato à volta- 

Luna - Não, o homem responsável disse que eles são importantes e não podem se dar ao luxo de andar por ai.- disse concentrada na estrada -

Eu - Pois é eu esqueci-me de te dizer, o pai disse que eles são filhos ou netos das famílias Originais.- disse e Luna olhou para mim rapidamente-

Luna - Tas a gozar?- disse voltando a conduzir -

Eu- Não.

Luna - Isso explica muita coisa.- disse seria- Olha é já ali ao fundo- apontou para frente- Não te esqueças, a partir de agora eu sou a escolhida e tu a irmã sem poderes....- interrompia-

Eu - Ainda não percebi porque eu não posso ter poderes, tu tens poderes.- disse cruzando os braços-

Luna - Mas Ian pensa que é só a escolhida que tem poderes - bufei- Tenho a sensação que a partir de hoje a nossa vida irá mudar para sempre, só não sei se é bom ou mau - olhamos uma para a outra e suspiramos juntas, seja o que Deus quiser. 


The Fênix - cap. 4

                    ''  Irá fazer 3 anos ''


" Eu - É melhor correr.- disse e comecei a correr floresta a dentro, quando vi que estava longe da cidade, parei e respirei fundo - 

            Pai - Estás atrasada 2 segundos.- disse serio, virei-me para trás e lá estava o meu pai "


Luna POV

E mais uma vez ela saía pela porta, ficando a dúvida, se ela voltava bem ou não. Ainda nem acredito que já irá fazer 3 anos em que a nossa vida tornou-se agitada, às vezes sinto saudades dos velhos tempos, mas infelizmente eu não tenho o poder de voltar atrás no tempo, se tivesse eu mudaria muitas coisas e uma delas é que a Lily saberia toda a verdade.

*Flashback ON*

No dia anterior tínhamos ido à casa do Ancião, decidi seguir os seus concelhos e explorar os meus poderes, hoje a Lily tinha ido para a creche e eu tinha ficado em casa com o meu pai. Estava na sala quando a campainha tocou, papá foi abrir a porta.

Pai - O que está aqui a fazer? - disse desconfiado, dando passagem para alguém entrar, quando entrou eu vi quem era -  

Ancião - Preciso falar uma coisa.- disse e sentou-se num sofá, papá fechou a porta e sentou-se ao meu lado -

Pai - Diga então.- disse olhando para ele -

Ancião - Há uma coisa que vocês precisam de saber sobre Fênix.- disse serio -

Pai - O que?- disse ficando serio -

Ancião - Fênix e Lily são como duas personalidades num corpo só - suspirou -  Não se conhecem mas de certa forma têm uma ligação bastante forte, a razão para Fênix querer matar é que se vocês magoarem a Lily, automaticamente magoam Fênix, Lily é a personalidade mais frágil e Fênix sente-se no direito de magoar quem magoa Lily - interrompiu -

Luna - O que estás a querer dizer é que se machucar-mos a Lily, magoamos Fênix e esta defende Lily, como uma irmã mais velha .- disse um bocado enciumada, eu sou a irmã mais velha, não Fênix -

Ancião - Sim, é por isso que Fênix aparece, se Lily estiver destruída emocionalmente e psicologicamente, Fênix tomará a frente e magoará quem quer que seja que a magoou.- disse serio - Digam isto a Lily, poderá ajuda-la no futuro.- disse levantando-se, papá levantou-se ainda um bocado confuso, e quando fechou a porta olhou para mim- 

Pai - Luna, eu não quero que digas o que se passou aqui à tua irmã.- disse aproximando-se e sentando-se ao meu lado no sofá - 

Luna - Mas o An.... - fui interrompida -

Pai - Nada Luna.- disse levantando a voz, encolhi-me- 

Luna - Porquê?- disse baixo - 

Pai - A tua irmã é demasiado pequena para isto tudo, ela não esta preparada para tudo isto.- disse levantando-se e começando a andar de um lado para o outro - 

Luna - Ela não está preparada ou tu é que não estás preparado para a entregar ao mundo, e correres o risco de a perder, tal como aconteceu com a mãe.- disse seria, ele parou de andar e olhou para mim serio - Eu podia ser pequena mas não burra pai, eu sei que a morte da mãe não foi por causa da Lily, mas sim do nosso mundo.- meu pai empalideceu - 

Pai - Tu não sabes do que falas.- disse voltando a si - 

Luna - Sei o suficiente, sei que mataram a mãe e quase mataram Lily se não tivessemos as encontrado a tempo.- disse nervosa - Sei também que tratas a Lily com desprezo porque ela te lembra da mãe.- disse começando a gritar - E sei também que quando olhas para ela, te lembras da noite em que foste cobarde e não tiveste coragem de as salvar.- gritei e logo a seguir senti o meu rosto virar, pela primeira vez em anos o meu pai me bateu - 

Pai - Vai para o teu quarto e só sais para o jantar, esta conversa acaba aqui e não quero nem mais uma palavra.- disse duro e lágrimas começaram a cair pelo meu rosto e saí a correr para o meu quarto - 

*Flashback off*

Depois daquele dia nunca mais falamos sobre o assunto, e acho que agora é tarde demais para dizer alguma coisa ou fazer alguma coisa. Acabei de arrumar as malas, amanhã vamos para Stratford, Ontário e esta casa vai ser destruída, para não deixar rastos nossos, fui me deitar e rapidamente adormeci.

Luna off

Lily POV

Pai - Concentra-te Lily.- disse duro, sentei-me no chão cansada - 

Eu - Mas pai, estou cansada.- disse manhosa - 

Pai - Deixa-te de manhas, achas que numa guerra, tu chegas lá e dizes: " Oh peço desculpa mas poderíamos parar um bocado, é que eu estou cansada, mas não se preocupem fazemos uma pausa de 10 minutos e já voltamos para eu vos matar" .-disse fazendo uma voz fininha, comecei a gargalhar -

Pai - - bufou - Vá por hoje chega, já são 4:50 e tu hoje tens que viajar.- disse serio, parei de rir e levantei-me, por incrível que pareça hoje eu não tinha-me aleijado-

Eu - Uau, é a primeira vez que saiu de um treino sem um aranhão.- disse contente e comecei a andar em direcção à saída da floresta, mas mal dei o primeiro passo, tropecei num ramo de árvore e caí de cara no chão -

Pai - Ainda bem que é sem um aranhão.- disse começando a rir muito, era realmente incrível ver o meu pai rir, porque ele tinha um sorriso muito bonito mas era uma pena ele ser um homem muito serio - 

Eu - Não vejo onde está a piada.- disse irritada, fazendo-o rir mais ainda, levantei-me e continuei a andar -

Pai - Mas agora sem piadas, este grupo pelo que ouvi dizer lá em cima é muito problemático.- disse serio acompanhando-me até à saída da floresta -

Eu - Luna está preocupada com eles, ela não consegue ter visões sobre eles.- disse agora um bocado preocupada- 

Pai - Lily este grupo não é um grupo qualquer.- disse agora olhando para a frente - Eles são filhos das famílias Originais.- disse e engasguei-me com a minha própria saliva - 

Eu - Como assim?- disse atrapalhada -

Pai - Eles são descendentes directos das famílias Originais, vais ter o neto e amigos da família Original dos Vampiros, vais ter o bisneto dos airbenders, vais ter a filha da família Original dos feiticeiros, o que quero dizer é que todos eles são das famílias Originais, eles não são parvos, alguns são rivais.- interrompio - 

Eu - Rivais? Oh isso não vai prestar.- disse seria -

Pai - Ohh vai por mim, não vai mesmo.- suspirou triste -

Eu - Como fazemos o percurso desta vez? Não podemos ir pelo mesmo sítio, ouvi dizer que Ian anda por esses lados.- disse parando na entrada da floresta e olhando para o meu pai -

Pai - Vais passar por uma cidade lá vão apanhar um autocarro, depois andam 4 dias sem parar e param numa.....

continua.....


The Fênix - cap. 3

        '' Venham já estava à vossa espera''


" Pai - Quem és tu?- disse cheio de dores -
            Eu - Fênix.- disse a voz e então apaguei -"


*Flashback off*

A partir dali o meu pai ficou coxo, naquela época a Fênix aparecia várias vezes ao dia, demorou 1 semana para a puder controlar, ainda lembro-me como se fosse ontem, o meu pai não sabia o que eu tinha e como poderia combate-la, então levou-nos ao Ancião da cidade.

*Flashback On* 

Eu - Onde estamos?- perguntei quando o carro parou em frente de uma casa simples -

Pai - Viemos falar com um senhor que sabe tudo sobre o vosso " mundo".- fez aspas virando-se para mim e para Luna -

Saímos do carro e fomos em direcção da casa, quando chegamos a porta o meu pai ia a tocar a campainha quando de repente a porta abre-se revelando um senhor de idade.

Ancião - Venham já estava a vossa espera.- disse e entrou -

Pai - Estava?- disse surpreso e entrou, quando entramos a porta fechou-se sozinha, olhei para Luna assustada, Luna olhou para mim e engoliu a seco, começamos a andar atrás do nosso pai, entramos numa sala um tanto assustadora, tinha facas de várias formas e tamanhos num armário de vidro, tinha 2 sofás grandes e um candeeiro enorme no canto da sala -

Ancião - Sentem-se temos muito que falar.- disse sério, logo nos sentamos e o senhor de idade começou a falar - 

Ancião - À muito tempo que estou a tua espera Lily.- disse olhando para mim - 

Eu - De mim?- disse confusa -

Ancião - E de Fênix também.- disse olhando atentamente para mim -

Eu - Como s-sabe?- disse encolhendo-me no sofá - 

Ancião - Eu sei de tudo sobre o vosso mundo incluindo tu .-disse sério - 

Luna - Como assim o nosso mundo? E porque acontece coisas estranhas só a nós?- disse nervosa -

Ancião - E porque não vocês?- disse erguendo uma sobrancelha - 

Pai - Eu quero saber o que tenho que fazer para tudo isto acabar.- disse sério -

Ancião - Quanto a Luna, nada, apenas explora mais os teus dons, eles têm muito para te oferecer.- disse olhando para ela - Não tentes impedi-los, será pior, tenta controla-los e aprende a conviver com eles.- Luna assentiu -

Pai - E Lily?.- disse sério -

Ancião - Tem 2 opções, convive com Fênix para o resto da sua vida ou prende Fênix e ela torna-se uma bomba relógio mais tarde.- disse olhando para o meu pai -

Pai - O que tenho que fazer para prende-la.- disse e suspirou até agora meu pai não tinha olhado para mim desde que entramos nesta casa -

Ancião - Saiba que para todos os actos têm as suas consequências.- disse sério- 

Pai - Eu lhe fiz uma pergunta.- disse duro -

Ancião - - suspirou - treine o físico e o psicológico,ela tem que estar equilibrada, caso contrário se não estiver Fênix irá aparecer tal como fez e quando vier será pior, pois ela vai ser presa, ela irá tornar-se um animal enjaulado, um animal com raiva, força e principalmente com vontade de matar.- disse sério -

Pai - Obrigado, vamos meninas.- disse e levantou-se, quando nos levantámos o Ancião falou -

Ancião - Nunca se perguntou porque a marca na sua perna é um coração?- meu pai parou e olhou para ele -

Pai - Porquê?- disse sério -

Ancião - O símbolo significa a sua destruição, ou seja, o coração significa ...- foi interrompido pelo meu pai -

Pai - Amor.- disse baixo -

Ancião - Sim, mas não seja drástico e ....- foi outra vez interrompido -

Pai - Não tente ensinar-me como educar a minhas filhas.- disse duro -

Ancião - O que quer que você faça trará consequências no futuro.- disse levantando a voz -

Pai - Eu sei o que fazer.-disse indo para a porta, quando a abriu eu e Luna saímos, quando meu pai ia a fechar a porta parou e virou-se para o Ancião -

Pai - Se ela acordar e eu já não estiver cá?- disse olhando para ele -

Ancião - Então rezaremos para que tudo corra bem.-disse olhando para mim, então meu pai fechou a porta e fomos embora - 

*Flashback off*

Mal sabia eu que ali tinha começado uma nova etapa da minha vida.
Eram agora 23:30 da noite e eu estava a preparar-me para o treinamento na floresta .


Luna - Vais agora para o treinamento?- disse vindo da cozinha limpando as mãos -

Eu - Tem que ser.- disse rizonha -

Luna - Manda beijos ao pai por mim e tenta não partir nada, amanhã temos que ir para Stratford, Ontário.- disse séria -

Eu - Já quase me esquecia, temos que leva-los a Subre-City né.- disse vestindo o meu inseparável casaco de couro preto -

Luna - Sim, é o último grupo de seres sobrenaturais.- disse mexendo numa pasta - 9 rapazes e 7 raparigas, mais de metade do grupo é Vampiro...- interrompia -

Eu - Oh não, esses são os mais difíceis.- disse ajeitando as minhas luvas pretas que não tiro nem para dormir -

Luna - É  isso que me preocupa.- disse preocupada, cheguei perto dela e pus uma mão no seu ombro -

Eu - Ei, não te preocupes, já fizemos isto 1 vez nada vai correr mal.- disse olhando nos seus olhos -

Luna - Mas devias, Lily, eu não tenho tido visões desse grupo e isso preocupa-me.- disse olhando para a pasta outra vez -

Eu - Eles têm alguma bruxa ou bruxo?- disse olhando agora para a pasta também -

Luna - Sim, uma bruxa....- interrompia -

Eu - Vês, ela deve ter feito algum feitiço de protecção por causa do Ian, para protege-los de qualquer coisa até mesmo das tuas visões.- disse e dei-lhe um beijo na bochecha - Não te preocupes, vá agora tenho mesmo que ir se não vou atrasar-me e já sabes como o pai odeia atrasos.- disse indo para a porta e abrindo-a -

Luna - Ok, não voltes tarde, tens que dormir ...- interrompia outra vez -

Eu - Sim mama, até logo.- disse rizonha -

Luna - Se me interrompes mais alguma vez tu nem sabes o que te acontece.- disse séria, gargalhei e fechei a porta indo em direcção da floresta, antes de entrar olhei para todos os lados para ver se alguém estava a ver, como não encontrei ninguém entrei na floresta, olhei o relógio e marcava 23:55 -

Eu - É melhor correr.- disse e comecei a correr floresta a dentro, quando vi que estava longe da cidade parei e respirei fundo -

Pai - Estás atrasada 2 segundos.- disse sério, virei-me para trás e lá estava o meu pai -

Por favor nao me abandonem e desculpem o atraso :P